Categorias
Notícias

Fampepar e Conampe participaram da reunião com o presidente Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro recebeu na terça-feira (13), à tarde, uma comitiva de lideranças empresariais do Brasil, incluindo o Sebrae e a Conampe. Na audiência, agendada pela Frente Parlamentar Mistas das Micro e Pequenas Empresas, presidida pelo senador Jorginho Mello (PL/SC), o presidente, tendo ao lado o ministro da Economia, Paulo Guedes, assumiu o compromisso de dar prioridade no governo à pauta de apoio e atendimento às micro e pequenas empresas.

O presidente da Conampe e da Fampepar, Ercílio Santinoni, teve a oportunidade de falar ao presidente Bolsonaro e ao ministro Paulo Guedes, enfatizando a necessidade do retorno do PEAC Maquininhas, uma linha de crédito muito inclusiva, ao lado de recursos do Pronampe. Santinoni falou sobre o momento difícil dos pequenos negócios, que necessitamos de apoio urgente e emergencial, com crédito e outras medidas que permitam a sua sobrevivência em cenário tão adverso, provocado pelo agravamento da pandemia no começo do ano, em todos os estados brasileiros.

Bolsonaro pediu ao ministro Paulo Guedes prioridade para a pauta apresentada, em todas as áreas do ministério e do governo, incluindo a articulação para as aprovações necessárias no Congresso Nacional. Também participaram da reunião os ministros Onyx Lorenzoni, da Secretaria Geral da Presidência e Flávia Arruda, da Articulação da Secretaria de Governo, além do senador Welington Fagundes (PL-MT).

O governo federal vai avaliar a anulação de tributos sobre micro e pequenas empresas. Os empresários querem cinco ou seis meses de perdão. O Sebrae e a Conampe atuarão com outras entidades ao lado da Frente Parlamentar Mista da Micro e Pequena Empresa para sugerir medidas e setores mais atingidos.

O senador Jorginho Mello defendeu medidas com o objetivo de ajudar setores mais afetados e as microempresas em geral, que precisam de políticas públicas emergenciais para superar as dificuldades deste momento.
A pauta conjunta, com várias sugestões apresentadas pela Conampe, entregue ao presidente, é a seguinte: Pronampe (mais recursos, pelo menos R$ 10 bilhões); retorno do PEAC Maquininhas; programa de suspensão dos contratos de trabalho com pagamento parcial pela União; agilização da aprovação do PLP 147/2019 – MEI Caminhoneiro e inclusão do Sebrae, Conampe e Comicro no Comitê Gestor do Simples Nacional (CGSN) -; agilização da tramitação do PLP 33/2020, projeto que permite o reempreendedorismo (basicamente é a lei de falência das micro e pequenas empresas).

Os valores de crédito dependem de ajustes no orçamento, em andamento no Congresso Nacional. O presidente assumiu o compromisso de articular com deputados e senadores um destravamento de todas as pautas de interesse imediato das micro e pequenas empresas.

O presidente do Sebrae, Carlos Melles, avaliou a reunião como muito positiva e clara para debater o que as pequenas empresas estão precisando. Apresentou diversas dados sobre como anda o setor. Ele ainda elogiou o trabalho do Executivo no 1º ano da pandemia e pediu a renovação de algumas iniciativas em 2021.

Para o presidente da Conampe, Ercílio Santinoni, a reunião foi muito importante e a posição do presidente Bolsonaro e seus ministros foi firme ao lado dos pequenos negócios, reconhecendo a sua importância para a economia e o equilíbrio social do Brasil.

Categorias
Sem categoria

Prorrogados vencimentos do Simples Nacional

O Conselho Gestor do Simples Nacional (CGSN) aprovou, nesta quarta (24), a prorrogação dos vencimentos de impostos para empresas enquadradas nesse modelo de tributação.  A decisão atende a uma solicitação do Comitê Nacional dos Secretários de Fazenda dos Estados e do Distrito Federal. A medida estendeu os prazos dos tributos com vencimentos em abril, maio e junho de 2021.

O Simples Nacional abrange os seguintes tributos: Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ); Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL); PIS/Pasep; Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (Cofins); Imposto sobre Produto Industrializado (IPI); Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS); Imposto sobre Serviços (ISS); e a Contribuição Patronal Previdenciária (CPP).

Para o presidente o Sebrae, Carlos Melles, a decisão do Conselho Gestor vai ao encontro da necessidade das micro e pequenas empresas que continuam sofrendo com o forte impacto gerado pela pandemia de Covid-19.  “Nesse momento, as micro e pequenas empresas, assim como os microempreendedores individuais, precisam de um alívio nos compromissos financeiros. A extensão do prazo dos tributos do Simples Nacional é uma decisão fundamental que permite que os empresários respirem um pouco melhor”, comenta Melles.

De acordo com pesquisa realizada pelo Sebrae, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas, depois de uma retomada no segundo semestre do ano passado, os pequenos negócios voltaram a sofrer por conta da nova onda da pandemia nos primeiros meses de 2021, também no Paraná. No estado, 76% estão sofrendo uma diminuição no seu faturamento, 34% dos empresários disseram ter dívidas em dia, 31% têm dívidas e estão em atraso.

“É uma medida coerente, pois além das vendas de final de ano terem sido piores que em períodos anteriores, neste trimestre a crise alcançou seu ápice na área da saúde, atingindo também em cheio a economia, principalmente as micro e pequenas empresas”, avalia Vitor Roberto Tioqueta, diretor-superintendente do Sebrae/PR.

COMO FICA O CALENDÁRIO DO SIMPLES NACIONAL

  • Período de apuração de março de 2021, com vencimento original em 20 de abril de 2021, poderá ser pago em duas parcelas iguais, sendo a 1ª em 20 de julho e a 2ª em 20 de agosto de 2021
  • Período de apuração de abril de 2021, com vencimento original em 20 de maio de 2020, poderá ser pago em duas parcelas iguais, em 20 de setembro e 20 de outubro de 2021.
  • Período de apuração de maio de 2021, com vencimento original em 20 de junho de 2020, poderá ser pago em duas parcelas iguais, sendo a primeira com vencimento em 22 de novembro e a segunda vencendo em 20 de dezembro de 2021.

VEJA A PUBLICAÇÃO OFICIAL:

PRORROGAÇÃO DOS VENCIMENTOS DO SIMPLES NACIONAL – MARÇO, ABRIL E MAIO
RESOLUÇÃO CGSN Nº 158, DE 24 DE MARÇO DE 2021

I – o período de apuração março de 2021, com vencimento original em 20 de abril de 2021, vencerá em 20 de julho de 2021;

II – o período de apuração abril de 2021, com vencimento original em 20 de maio de 2021, vencerá em 20 de setembro de 2021; e

III – o período de apuração maio de 2021, com vencimento original em 21 de junho de 2021, vencerá em 22 de novembro de 2021.

§ 1º A partir do vencimento de cada período de apuração, o pagamento poderá ocorrer em até duas quotas mensais, iguais e sucessivas, sendo que a primeira quota deverá ser paga até a data de vencimento do período de apuração respectivo e a segunda deverá ser paga até o dia 20 do mês subsequente.

Categorias
Notícias

Fampepar emite nota de pesar pela morte do empresário Ali Wardani

O presidente da Conampe e da Fampepar, Ercílio Santinoni, assinou nota lamentando a morte do empresário Ali Wardani, 69 anos, presidente do Sivamar e diretor do Sistema Fecomércio Paraná, ocorrida na madrugada deste domingo, 21 de março, em Maringá.

Ercílio registra que Ali Wardani sempre foi um defensor do empreendedorismo, da inicitiva privada e do associativismo, tendo contribuído de forma importante e direta para o desenvolvimento comercial e empresarial de Maringá e do estado do Paraná. “Foi, sem dúvida, uma das mais expressivas lideranças empresariais de Maringá e do nosso estado”, afirma Santinoni.

“Ali, antes de ser um empresário de sucesso e um líder realizador, foi uma pessoa do bem, altivo, consciente e generoso, reunia todos os bons predicados, como amigo, companheiro, conselheiro, dono de um caráter exemplar e motivador”, escreveu Ercílio Santinoni.

Veja a nota de pesar, na íntegra:

“Maringá e o Paraná perderam hoje, por complicações da covid-19, Ali Wardani, um grande homem, empresário de sucesso, líder empresarial justo e mobiizador.
Antes de ser um empresário dedicado e um líder realizador, foi uma pessoa do bem, altivo, consciente e generoso, reunia todos os bons predicados, como amigo, companheiro, conselheiro, dono de um caráter exemplar e motivador.
Liderou e apoio os principais movimentos comunitários de Maringá, como a criação do Conselho Comunitário de Segurança, do Conselho de Desenvolvimento, a estruturação e consolidação das entidades empresariais, a fundação da Cooperativa de Crédito Sicoob Metropolitano, a implantação e desenvolvimento do Sesc da cidade.
Fundou e presidiu a Sociedade Beneficente Muçulmana.
Ali foi, sem dúvida, uma das mais expressivas lideranças empresariais de Maringá e do nosso estado. Permanecerá em lugar de destaque na história empresarial e da sociedade organizada de Maringá e do Paraná como um exemplo de vida dedicada à comunidade e ao desenvolvimento econômico e social. Em resumo, dedicou a sua vida a contribuir para a construção de uma sociedade mais justa e melhor para todos.
A Fampepar, em nome das microempresas, MEIs, artesãos e pequenas empresas, registra o seu pesar pela perda e o aplauso eterno ao grande empresário e líder, Ali Wardani.

Categorias
Notícias

MEIs: Do sonho à realidade! Tema do webinar dessa quinta-feira, 19 horas

No tradicional evento online das quintas-feiras, às 19 horas, o tema será “MEIs: Do sonho à realidade!”
O Brasil tem mais de 11 milhões e 200 mil MEIs. Na informalidade, ainda, são 33 milhões de brasileiros e brasleiras. Como dar os primeiros passos como empreendedor, como dono e gerente da sua carreira, da sua profissão e empresa?

O evento será moderado pela administradora Adriana Cordeiro e terá como convidada Tônia Mansani, presidente da Agência de Fomento de Ponta Grossa. Coordenadora de Fomento ao Empreendedorismo e inovação da Prefeitura de Ponta Grossa. Idealizadora de Políticas públicas na área de empreendedorismo nacionalmente reconhecidas, como a Sala do Empreendedor Digital, Voe Aceleradora de Negócios e o Decola: A Arte do Começo. Consultora, facilitadora nas áreas de Empreendedorismo e Políticas Públicas de Desenvolvimento Local.

As inscrições para participar são gratuitas. Faça a sua agora mesmo: clique aqui!

Esperamos você!

Categorias
Notícias

Governo anuncia prorrogação do prazo de carência dos empréstimos do Pronampe

O secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Da Costa, informou nesta segunda-feira (8) que o governo decidiu prorrogar por mais três meses o prazo de carência dos empréstimos concedidos a empresários por meio do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe).

O Pornampe foi criado em maio do ano passado como uma forma de ajudar pequenos empresários a enfrentar a crise provocada pela pandemia, o que permitiu ao empresário emprestar até 30% do faturamento, com pagamento em 36 vezes e juros de até 1,25% mais taxa Selic.

O programa tinha prazo de carência de oito meses, e os empréstimos começariam a ser pagos neste mês de março.

“O Ministério da Economia acabou de aprovar uma extensão de três meses na carência. Ou seja, aquele empresário que tomou recursos em agosto e que teria que começar a pagar agora […] terá mais três meses, no meio dessa situação muito difícil, para ter um pouco de alívio”, afirmou Costa.

De acordo com Carlos Da Costa, o governo articula um projeto de lei para permitir que recursos do Pronampe não usados em 2020 (cerca de R$ 2 bilhões) sejam usados em 2021. O secretário também infomou que negocia com o Senado mais R$ 4,8 bilhões para ajudar a socorrer empresas.

O presidente da Conampe, Ercílio Santinoni, destaca a importância da ação do secretário Carlos Da Costa, que busca aproveitar as sobras de recursos através de lei. Isso será possível em função da nova PEC para pagamento emergencial e previsão em novo projeto de lei.
De fato, confirma Santinoni, os pequenos negócios precisam de apoio urgente, pois o agravamento da covid-19 no Brasil e as medidas adotadas nos estados para conter a doença atingiram as empresas de forma duríssima, nas últimas semanas.

Categorias
Notícias

Bolsonaro sanciona lei que pode reduzir tarifas de energia elétrica

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei que modifica a estrutura legal do setor elétrico e estipula reformas estruturais, que tem entre os principais objetivos, reduzir os efeitos econômicos da pandemia no setor. Os benefícios poderão ser revertidos em desoneração das tarifas de energia elétrica em todo o Brasil.
A medida beneficiará diretamente as micro e pequenas empresas que precisam, mais do que nunca, de redução em seus custos produtivos.
A revisão regulatória no país é uma das ações prioritárias do Governo do Brasil, nas quais a SEPEC/ME atua, diretamente, para promover o crescimento econômico do país.

Categorias
Notícias

As ferramentas poderosas para VENDER ONLINE

Pergunte como e a gente responde! Webinar gratuito, na próxima quinta-feira, dia 4 de março, às 19 horas. Inscrições gratuitas.

Como utilizar as ferramentas poderosas nas redes sociais para atrair clientes para sua loja online!

Em ano em que as vendas online são cada vez mais importantes para as microempresas, MEIs, artesãos e pequenas empresas, a Conampe investe na criação de um portal de vendas online para os pequenos negócios e na qualificação dos empresários para ampliar os seus clientes.

Saiba mais como atrair clientes e conheça um pouco mais do Lojampe: vamos mostrar o portal, algumas das suas lojas! Não perca esse webinar, dia 4 de março, às 19 horas.

Esperamos você! Ao finalizar a sua inscrição gratuita, você receberá um link para participar do nosso evento digital, pelo Zoom.

Os participantes são:

Ju Margoliano é mentora profissional, com mais de 300 alunas, embaixadora da comunidade do Facebook Mulheres empreendedoras Brasil, com quase 30 mil mulheres e professora na Plataforma MEB, clube de assinaturas com aulas novas todos os meses para turbinar seus negócios.
Especialista em vendas pelo Facebook e Instagram e sócia da agência CLICKFIND, com mais de 20 clientes em gestão de redes sociais.
Além disso é especialista em tráfego, fundadora da Academia do Zero ao Topo, onde concentramos diversos cursos para fomentar o desenvolvimento de empreendedores no mercado online.

João Neto é professor e executivo de varejo. Consultor com experiência em loja com foco no cliente e vendas.
Ele foi diretor nacional de Departamento da Divisão de Supermercados CHAMPION do Grupo Carrefour.

Faça agora mesmo a sua inscrição gratuita.

Categorias
Notícias

Fampepar alerta para prejuízos do lockdown

A Fampepar, que representa as entidades de microempresas, MEIs, artesãos e pequenas empresas do Paraná vê com grande apreensão o loockdown determinado pelo governo do estado do Paraná, nesta sexta-feira.

Assim como a Faciap, a Fampepar alerta para os prejuízos irreversíveis às empresas justamente no momento em que se preparavam para uma retomada.

Para a Fampepar, as empresas estão pagando pela irresponsabilidade de pessoas que não atendem as medidas de isolamento e a ineficiência da fiscalização, que não conseguiu impedir as ocorrências que geraram o atual quadro de descontrole da covid-19, no Paraná.

Categorias
Notícias

Dirigentes da Fampepar eleitos coordenadores de comitês temáticos do Fórum Permanente nacional

O Fórum Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Ministério da Economia elegeu nesta quarta-feira, 24, os coordenadores dos comitês temáticos.
O presidente da Conampe, Ercílio Santinoni, que também preside a Fampepar, estará na coordenação do Comitê Temático dos Microempreendedores Individuais (MEIs). O 1º vice-presidente da Conampe, Helio Rodrigues de Almeida, e o 2º vice-presidente da Conampe, Jonas Bertão, membro da diretoria da Fampepar, estarão na coordenação do Comitê Temático de Racionalização Legal e Burocrática. Mauro Leônidas, vice-presidente da Confederação, será o coordenador do Comitê Temático de Formação e Capacitação Empreendedora.
O Fórum tem seis comitês temáticos, integrados por representantes da iniciativa privada, órgãos governamentais e instituições apoiadoras dos pequenos negócios: Racionalização Legal e Burocrática; Investimento e Financiamento; Formação e Capacitação Empreendedora; Tecnologia e Inovação; Comércio Exterior; e Disseminação, Informação e Capacitação. As reuniões dos comitês são bimensais.
As micro e pequenas empresas de todos os setores estão cada vez mais articuladas e participativas, buscando influir nas políticas públicas do País. A Conampe, que, ao lado da Fampepar e outras entidades do seu sistema nacional, foi uma das articuladoras para a criação do Fórum, há muitos anos, sempre participou de forma intensa e dedicada das suas atividades, apresentando propostas com o objetivo de ampliar os ambientes favorecidos, simplificados e difrenciados para os pequenos negócios.

Fale com a Conampe/Fampepar:
Tem alguma dúvida? Pergunte para a Conampe.
Escreva para contato@conampe.org.br ou mande um WhatsApp para (41) 99789-8127

Categorias
Notícias

Lançamento do Lojampe, o portal de vendas online da Conampe

Nesta quinta-feira, 25 de fevereiro, a Conampe realizará o evento digital de lançamento do Lojampe, o portal de vendas online dos pequenos negócios, no Brasil.
A partir de agora as microempresas, os MEIs, os artesãos e as pequenas empresas pode ter as suas lojas para vendas online, sem custo para criar a loja.
Contarão, ainda, com todo a assessoria, desde a implantação da loja, o marketing de vendas e promoções, propaganda e apoio para a administração da loja no portal.
Com o Lojampe os pequenos poderão ter as suas lojas vendendo na internet. Oportunidade para transformar sonhos em realidade, para ter acesso a mercados, novos clientes e mais vendas!

Participe desse evento digital, faça as suas perguntas, saiba mais e se inscreva para participar do Lojampe.
Esperamos você no nosso lançamento, dia 25, quinta-feira, 19 horas.

Faça aqui a sua inscrição.