Categorias
Notícias

Recupere: Reconhecendo o meu momento

Conhecer o presente é um passo importante para planejar o futuro e descobrir o que precisa ser corrigido para que as próximas etapas sejam melhores do que as atuais.

A live, no canal Comunidade Sebrae (YouTube) aborda esse tema e os principais aspectos que um empreendedor precisa saber para entender melhor o que está passando e como isso ajuda para garantir uma boa recuperação.

RECONHECENDO O MEU MOMENTO

Categorias
Notícias

Mais de 130 mil micro e pequenas empresas conseguiram crédito pelo PRONAMPE

A Secretaria Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade (SEPEC), do Ministério da Economia, inofrmou que R$ 10 bilhões já foram liberados para 130 mil micro e pequenas empresas (MPEs), nesta nova fase do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (PRONAMPE).

Ao todo, serão disponibilizados R$ 25 bilhões em cerca de 20 instituições financeiras que estão operando o Programa. Segundo fonte da SEPEC, “esse é mais um resultado do compromisso firmado pela SEPEC/Ministerio da Economia em caminhar ao lado das MPEs, dando as condições necessárias para o crescimento, a geração de emprego e de renda para os brasileiros”.

O presidente da Conampe e da Fampepar, Ercílio Santonini, considera o PRONAMPE permanente uma conquista da maior importância para as micro e pequenas empresas e espera que o crédito continue chegando ao maior número de empresas possível.
A Fampepar e a Conampe têm defendido, junto ao Ministério da Economia, o acesso efetivo ao crédito e outras políticas públicas de apoio aos pequenos negócios, condições essenciais nesse momento de enfrentamento à crise provocada pela pandemia.

Categorias
Notícias

16 de julho, Dia do Comerciante

16 de julho é o Dia do Comerciante, instituído pelo presidente do Senado Federal, João Café Filho, em 26 de outubro de 1953. A data, uma homenagem ao comerciante, é comemorada no dia em que nasceu o Visconde de Cairu – José da Silva Lisboa.

Figura histórica e marcante, que ocupou vários e altos postos e que foi o primeiro professor de Economia Política e, também, foi jornalista, mas não podemos esquecer um fato importantíssimo: ele foi um político que exerceu grande influência perante o príncipe regente português D. João VI para que fossem abertos os portos brasileiros para o comércio com as nações amigas, em 1808. Com isso, abriu-se um novo tempo para o Brasil.

Já na Pré-História, os homens trocavam produtos entre si. Se um grupo tinha sorte com as colheitas e conseguia obter mais cereais do que precisava para se alimentar, podia procurar um grupo vizinho e trocar as sobras por coisas de que necessitava. Trocava-se gado, cestos, ferramentas, enfim, tudo o que se produzia.

A percepção de que as pessoas tinham necessidades imediatas que precisavam ser supridas foi certamente o que instituiu uma das mais antigas e relevantes profissões da humanidade: a profissão do comerciante.

Se naquela época e por muito tempo depois os comerciantes se estabeleciam por talento nato e unicamente por meio deste se sobressaíam, hoje, testemunhamos uma realidade bastante diferente.

A atividade do comércio, movida por processos dinâmicos como o do evento da globalização, da pressão da concorrência e das exigências do consumidor, exige cada vez mais preparo, o que envolve inclusão tecnológica, pesquisa de mercado, comunicação eficaz e competência gestora diferenciada, apenas para citar algumas características necessárias aos que desejam se estabelecer neste ramo.

Dos mascates aos pequenos e médios comerciantes, e destes aos grandes conglomerados econômicos, a História do Comércio foi marcada pela criatividade humana, pelo fascínio do consumismo e pelas tentativas em atendê-lo.

Desta maneira, milhares de pessoas, físicas ou jurídicas, veem-se envolvidas, diariamente, direta ou indiretamente, em transações mercantis.

Fonte: CDLRio

Categorias
Notícias

Live no programa Recupere: Sociedade e Consumo em tempos de Pandemia

Nesta terça-feira, 12 de julho, às 16 horas, no canal Comunidade Sebrae (YouTube), tem live com o tema Sociedade e Consumo em tempos de Pandemia. O evento é do Sebrae-PR, uma ação do programa RECUPERE!

Esta foi mais uma live da série de programas ao vivo discutindo os temas mais importantes para o empreendedor que precisa sair da crise e voltar a crescer.

A live começa às 16h e vai falar sobre Sociedade e Consumo em tempos de Pandemia, um assunto necessário para entendermos o atual cenário e como a sua empresa deve agir.

Vale a lembrança de que o vídeo continua no YouTube, para quem quer assistir e não pode às 16 horas.

Acompanhe o vídeo, hoje à tarde ou em outro horário.

Categorias
Notícias

Lançamento do Selo Rendas Brasileiras acontece nessa quarta-feira, às 16 horas

Se você, assim como o Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), o Sebrae e os Correios, também valoriza o artesanato brasileiro, não deixe de participar do evento de lançamento do Selo Rendas Brasileiras, que reconhece e homenageia o trabalho de milhares de artesãos do país.

A Fampepar, assim como a Conampe e todo o seu sistema nacional, apoiam, convidam e participarão do evento online, nesta quarta-feira.

Com esta ação, serão apresentados ao público quatro novos selos postais que representam diversas rendas feitas em todo o Brasil.

O selo é fruto de uma parceria entre o Sebrae, o Centro SEBRAE de Referência do Artesanato Brasileiro (CRAB), os Correios, o Programa de Artesanato Brasileiro (PAB), a Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade (SEPEC) e o Ministério da Economia.

A Fampepar apoia a iniciativa e convida a todos os dirigentes, líderes, associados e amigos da federação, no Paraná, para acompanharem o evento online de lançamento, nesse dia 7 de julho, às 16 horas (horário de Brasília), no Youtube do Sebrae: https://www.youtube.com/watch?v=YCKznqigO80

Categorias
Notícias

Banco do Brasil retoma contratação do Pronampe

O Banco do Brasil está retomando as contratações do Pronampe. No Paraná, o banco tem 125 mil empresas mapeadas. A superintendência do banco, no Paraná, está empenhada em trazer para o estado a maior quantidade possível de recursos do programa, atendendo a micro e pequenas empresas.

Quem prentende crédito pelo Pronampe deve procurar o Banco do Brasil. No Paraná, o banco está com uma mobilização especial para atender aos pequenos negócios.