Temas como crédito, reforma tributária, inclusão digital, mercado nacional e internacional serão tratados por mais de 30 especialistas. Pela primeira vez encontro será virtual, com transmissão on-line gratuita e aberta ao público

Veja mais sobre o evento e faça a sua inscrição gratuita AQUI.

A XVII Convenção Nacional das Micro e Pequenas Empresas será um marco na história do empreendedorismo e do associativismo no país. Com o tema “Um novo tempo para os pequenos negócios”, pela primeira vez terá formato exclusivamente virtual, com transmissão on-line gratuita e aberta para os inscritos – inscrição gratuita aqui – no site da Confederação Nacional das Micro e Pequenas Empresas e Empreendedores Individuais (Conampe) – conampe.org.br -, de 1º a 3 de dezembro. Os painéis reunirão mais de 30 especialistas ao lado de representantes do governo federal (Ministério da Economia) e do Congresso Nacional.

Devido à pandemia de covid-19, a Convenção será diferente das anteriores, que reuniam representantes das Federações e lideranças de todos os estados, de forma presencial. O Brasil possui atualmente mais de 13 milhões de microempreendedores individuais (MEIs). As micro e pequenas empresas chegam a sete milhões. Para a Confederação, a ampliação do público que terá acesso livre aos painéis será fundamental para o segmento se fortalecer e buscar soluções práticas para enfrentar a crise provocada pelo novo coronavírus. “Trata-se de nossa primeira convenção no formato totalmente virtual. Uma imposição deste momento desafiador e, ao mesmo tempo, uma prova da nossa capacidade de inovação e resiliência. O Brasil precisa das microempresas para voltar a crescer e promover equilíbrio social”, alertou Ercílio Santinoni, presidente da Conampe, que completa 35 anos nesta sexta-feira (27).

LINHAS DE CRÉDITO PERMANENTES
Um dos destaques da Convenção será o recente convênio entre a Conampe e a fintech BMP Money Plus, maior parceira do BNDES no repasse dos R$ 10 bilhões reservados aos empréstimos do Programa Emergencial de Acesso ao Crédito (Peac Maquininhas). A capilaridade da Confederação e de suas entidades associadas em todo o país contribuirá para o crédito chegar a um maior número de empreendedores que enfrentam dificuldades causadas pela pandemia de covid-19. O objetivo da parceria é chegar a R$ 1 bilhão em financiamentos até o final do ano.

Criado pelo governo federal, o Peac Maquininhas trabalha com valores de até R$ 50 mil, que podem ser pagos em 36 meses, com carência de 6 meses para o 1º pagamento e taxa de juros de 0,49% ao mês. O programa poderá ser contratado até 31 de dezembro. A Conampe defende que as linhas de crédito temporárias, como o Pronampe e Peac Maquininhas, criadas em função da pandemia, sejam transformadas em políticas públicas permanentes para o segmento que, de acordo com o Sebrae, representa 99% das empresas no Brasil, gera 54% dos empregos formais e responde por 30% do valor adicionado ao PIB do país.

“A parceria da Conampe com a BMP Money Plus é um esforço para que o crédito chegue efetivamente às empresas que precisam. A Peac Maquininhas é uma linha de crédito inteligente, ágil, muito simples de ser acessada e decisiva para as micro e pequenas empresas, que são essenciais para a retomada da economia e da geração de emprego”, explicou Ercílio Santinoni.

Acesse aqui: conampe.org.br/atuacao/acesso-a-credito

OUTROS TEMAS
Os debates ainda tratarão de temas como reforma tributária, desburocratização, acesso ao mercado nacional e internacional, novas tecnologias, inclusão digital, vendas on-line, comportamento do consumidor, gestão dos negócios, aumento da competitividade e da produtividade, cases de sucesso, entre outros. A Convenção será conduzida pela jornalista e apresentadora de televisão Patrícia Maldonado, e por Alcides Andrade, empresário, consultor e coordenador do Projeto Associativismo 4.0 na Conampe, diretamente do estúdio do Sebrae SC, em Florianópolis (SC).

Na abertura, o tema será “Conampe 35 anos: Desafios e perspectivas do associativismo de micro e pequenas empresas”, com Ercílio Santinoni, presidente da Confederação; Pedro Rigo, secretário-geral da entidade e diretor superintendente do Sebrae/ES; Pedro Cascaes Filho e Alex Ludwig, fundadores do movimento nacional do segmento.

Entre os painelistas, estarão Carlos Da Costa, secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia; os senadores Jorginho Mello (PL/SC), presidente da Frente Parlamentar Mista de Apoio às Micro e Pequenas Empresas e Oriovisto Guimarães (Podemos/PR), membro da Comissão Mista Temporária da Reforma Tributária e da Reforma do Código Comercial; Eduardo Diogo e Bruno Quick, diretores do Sebrae Nacional; e os palestrantes internacionais Erik Penna, autor de seis livros sobre vendas e empreendedorismo, e Allan Costa, autor dos livros “60 Dias em Harvard” e “Rock in Rio – A Arte de Sonhar e Fazer Acontecer”.

Para Ercílio Santinoni, o resultado da XVII Convenção Nacional da Micro e Pequena Empresa será fundamental para o fortalecimento do maior objetivo da Conampe. “Buscamos o cumprimento da Constituição (artigos 170 e 179), que determinam políticas públicas que ofereçam ambientes diferenciados, favorecidos e simplificados para os pequenos negócios”, concluiu.

PROGRAMAÇÃO

Dia 1º – terça-feira

15h30 – Painel de abertura: “Conampe 35 anos: Desafios e perspectivas do associativismo de micro e pequenas empresas”, com Ercílio Santinoni, presidente da Confederação; Pedro Rigo, secretário-geral da entidade e diretor superintendente do Sebrae/ES; Pedro Cascaes Filho e Alex Ludwig, fundadores do movimento nacional do segmento.

17h – “Cenário econômico: o futuro está nas suas mãos”, com Carlos da Costa, secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia; Eduardo Diogo, Diretor do Sebrae Nacional; Rafael Favetti, advogado especialista em relações institucionais e governamentais e análise política; Allan Costa, palestrante internacional e empreendedor.

18h30 – “Artesanato: como conciliar a criação, a produção e as vendas”, com Bernhard J. Smid, fundador da Matchmaking Brazil; Alberto Farias Gavini Filho, presidente da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo – Aderes; Fábio Silva, coordenador-geral de empreendedorismo e artesanato na Subsecretaria de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas do Ministério da Economia; e Luís Paulo Severo, CEO do Grupo Severo; com mediação de Adriana Cordeiro, coordenadora de acesso ao mercado nacional e internacional do Programa Associativismo 4.0.

20h – “Dicas para vender o seu artesanato no Brasil e para outros países”, com Maria das Neves Paiva (Nevinha), artesã a mais de 40 anos de panelas de barro pretas 100% naturais, case brasileiro de exportação; Lorena Quiroz Romero, presidente de Asociacion Benéfica Mujer Ecoartesana Peru; Cintia de Oliveira Viana, analista de Comércio Exterior dos Correios; Maurício Manfré, mestre em Direito e Negócios Internacionais; e Aparecido Queiroz, empresário.

Dia 2 – quarta-feira

16h – “35 anos de trabalho e conquistas”, com Ercílio Santinoni, presidente da Conampe; José Ricardo da Veiga, secretário especial de Modernização do Estado da Presidência da República; Jonas Bertão, presidente do Conselho Deliberativo da Fampepar; Rosi Dedekind, presidente da Fampesc; e Bruno Quick, diretor técnico do Sebrae.

17h – “O Simples Nacional e os riscos da reforma tributária”, com o senador Oriovisto Guimarães (Podemos/PR), membro da Comissão Mista Temporária da Reforma Tributária e da Reforma do Código Comercial; Silas Santiago, gerente da unidade de políticas públicas do Sebrae Nacional; Alberto Macedo, auditor fiscal municipal e assessor especial da Secretaria Municipal da Fazenda de São Paulo; Diogo Pitsica, presidente da ATESC – Associação dos Advogados Tributaristas de SC; e Marcelo Alvarenga, advogado titular da sociedade Alvarenga & Camargo Advogados Associados.

18h30 – “Como atrair e fidelizar clientes usando estratégias digitais e presenciais”, com João Neto, professor e executivo de varejo; Renato Berber, executivo sênior em empresas varejistas multinacionais; Fillipe Ney Walleky, CEO Agência WX; e Tainá Scariolli, especialista em marketing digital e empreendedorismo.

20h – “Como começar a vender pela internet”, com Jorge Biff Netto, consultor de inovação sênior; Lucas Camargo Marques, fundador da plataforma de e-commerce Istabuy; Micaela Tavares, diretora de marketing da Cearamundo Consultoria Criativa; e João Neto, professor e executivo de varejo. 

Dia 3 – quinta-feira

16h – “O avanço das Políticas Públicas na Defesa dos Pequenos Negócios”, com Luis Carlos Hauly, economista; Antônio Paim, empresário; Hélio Rodrigues, vice-presidente da Conampe; e Vavá Coutinho, prefeito de Santa Leopoldina (ES).

17h – “Em 2021 o crédito chegará aos pequenos negócios?”, com Ercilio Santinoni, presidente da Conampe; senador Jorginho Mello (PL/SC), presidente da Frente Parlamentar Mista de Apoio às Micro e Pequenas Empresas; Antônia Tallarida, subsecretária de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas, Empreendedorismo e Artesanato do Ministério da Economia; Luiz Carlos Floriani, diretor superintendente do Banco do Empreendedor; e Heraldo Alves das Neves, diretor-presidente da Fomento Paraná; com mediação do ex-presidente da Fampesc, Alcides Andrade.

18h30 – “Como aumentar a lucratividade do meu negócio?”, com Sérgio Amandio, educador financeiro empresarial; Gilson Strechar, empresário contábil; Maria de Fátima Miranda, conselheira efetiva do Conselho Federal de Economia; Deni Manoel Pedro, presidente da APIS – Associação dos Profissionais de Instalação e Serviços; com mediação do economista Carlos Magno Andrioli Bittencourt.

20h – “Dicas de como utilizar o lado positivo dos negócios”, com Erik Penna, palestrante internacional especialista em vendas e empreendedorismo.

21h – Encerramento.

Sobre a Conampe
A Confederação Nacional das Micro e Pequenas Empresas e Empreendedores Individuais trabalha há mais de três décadas pelo reconhecido da importância econômica e, sobretudo, do poder de transformação social do segmento que, de acordo com o Sebrae, representa 99% das empresas no Brasil, gera 54% dos empregos formais e responde por 30% do valor adicionado ao PIB do país. A entidade completou 35 neste dia 27 de dezembro, data que o presidente Ercílio  Santinoni considera a melhor para ser o Dia Nacional da Microempresa, por marcar a efetivação do primeiro estatuto da microempresa no Brasil, em 1984, primeira grande conquista legal de fato para o segmento no país.

O Sistema Conampe está organizado em Federações de MPEs e MEIs em todos os estados brasileiros. Com uma atuação conjunta e colaborativa, elabora e propõe políticas públicas, além de fazer a defesa de propostas de interesse das classes produtoras, capazes de promover o desenvolvimento e a prosperidade da economia.

Veja a programação completa, palestrantes e como se inscrever gratuitamente:
conampe.org.br/convencao2020

Conampe
XVII Convenção Nacional das Micro e Pequenas Empresas
Assessoria de Imprensa
Cláudio Schuster (48) 99163-4269
Cristina Mantovani (11) 98187-8015
Diniz Neto (44) 99122-8715

Este será o maior evento para empresários e empresárias das micro e pequenas empresas do Brasil.
Dias 1, 2 e 3 de dezembro.
Acesse todas as informações aqui no nosso site. Faça agora mesmo a sua inscrição gratuita.

A reforma tributária pode trazer riscos ao Simples Nacional. A Conampe vai debater o terma no dia 2 de dezembro, na XVII Convenção Nacional.

Veja mais AQUI – é importantíssimo!